About Me

Notícias

Eliminando Infecções

Bactéria é despertada para a morte

Pesquisadores israelenses anunciaram no mês passado o desenvolvimento de uma nova técnica que pode eliminar bactérias obstinadas que escapam dos antibióticos. Algumas infecções como a tuberculose (TB) podem permanecer latentes nos pulmões por décadas, antes de se tornarem ativas e provocarem os sintomas — mesmo depois de a maioria das bactérias ter sido debelada por antibióticos.


Cientistas da Universidade Hebraica de Jerusalém relataram no Proceedings of the National Academy of Sciences USA, a descoberta de uma forma de erradicar esses microrganismos e evitar que, votem a atacar, quando o sistema imunológico do portador estiver fragilizado. O novo método tira partido da necessidade que as bactérias adormecidas têm de absorver nutrientes como ferro e magnésio. Esses microrganismos podem evitar os antibióticos quando estão com “fome” e se tornam inativas. Os pesquisadores conseguiram reduzir populações de bactérias persistentes em até 99% inicialmente revigorando-as com nutrientes e depois destruindo-as com antibiótico.

No estudo, o grupo saturou uma linha de Escherichia coli - bactéria comum, inofensiva, que vive no trato intestinal humano e de muitos animais, embora algumas cepas possam provocar envenenamento alimentar - com antibióticos. Parte dela morreu, mas muitas obstinadas permaneceram ativas. Quando os pesquisadores mergulharam as sobreviventes em uma infusão de nutrientes (incluindo uma fonte de carbono, ferro e magnésio), elas parecem ter despertado do estado de latência por cerca de uma hora, mas não se replicaram como as bactérias normais. Posteriormente, os pesquisadores ofereceram nutrientes, acompanhados de uma boa dose de antibióticos; elas se reanimaram, mas morreram em seguida.

Fonte: Scientific American

About Heytor Neco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.