About Me

Curiosidades

Cupins-bomba são descobertos na Guiana Francesa

Uma nova espécie de cupim com uma característica nunca documentada foi encontrada por cientistas belgas.

A característica em questão é que os cupins mais velhos dessa espécie são capazes de cometer suicídio coletivo, a fim de proteger sua colônia.

O suicído nos cupins já era conhecido antes, onde algumas espécies explodiam liberando diversos produtos químicos sobre o predador.

A diferença é que quando os indivíduos dessa espécie estão envelhecendo e ficando incapacitados, eles passam a armazenar cristais sólidos que, se misturados com outras secreções do inseto, produzem uma reação química. Pois bem, desta forma o poder de defesa desses cupins aumenta e acaba sendo bem útil para o grupo, onde os indivíduos mais velhos cometem suicido coletivo como verdadeiros kamikazes para proteger a colônia..
Em matéria para a BBC, o professor Yves Roisin, da Universidade Livre de Bruxelas, disse que um graduano de seu laboratório, Thomas Bourguignon estava pesquisando a ecologia de comunidades desses cupins e se deparou com o fenômeno enquanto coletava amostras.
Na defesa da colônia, os cupins da espécie Neocapritermes taracua liberam substâncias tóxicas sobre os invasores, corroendo seus corpos.

"As secreções tóxicas para a defesa são normalmente armazenados nas glândulas salivares, mas esta espécie transporta uma 'mochila' com dois tipos de cristais sólidos do lado de fora do corpo. Quando o cupim 'explode', os dois são misturados para produzir uma substância tóxica mais potente", afirmou o professor.

O pesquisador afirmou que ainda não se descobriu como esses cupins produzem os cristais.

O estudo do professor foi publicado na revista científica "Science".

About Heytor Neco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.