About Me

Biodiversidade

Na Fuga da Aranha

Espécie de aranha cria réplica de si mesma para fugir de predadores

Cientistas da Universidade de Tunghai, em Taichung (Taiwan) descobriram uma espécie de aranha, a Cyclosa mulmeinensis, que pode ser o primeiro animal do mundo a criar uma réplica de si mesmo em tamanho real que funciona como estratégia para escapar de ataques de predadores. As informações são do jornal El Mundo.

Alguns animais utilizam formas bastante surpreendentes para escapar dos predadores e muitos se disfarçam para não atrair atenção. Entre as estratégias mais comuns estão o desenvolvimento de algum tipo de funcionalidade que permite distrair o predador e aquisição de uma forma ou padrão que se confunde com o meio.

No entanto, não é comum que os animais criem uma réplica de si mesmos em tamanho real, essa é uma estratégia que tem surpreendido os biólogos.

A Cyclosa mulmeinensis, de acordo com o artigo publicado na revista Animal Behaviour , decora as suas teias como detritos, partes de plantas, restos de presas ou sacos de ovos.

O fato destas "decorações" terem o tamanho aproximado do animal que o utiliza sempre intrigou os cientistas. Por outro lado, os investigadores verificaram que também a sua cor era semelhante à da aranha que tinha tecido a teia. Em resumo, estas aranhas utilizam elementos decorativos com tamanho, forma e aparência semelhantes.

Uma vez que estas réplicas são mais frequentemente atacadas que o próprio animal, parece seguro concluir que "as decorações criadas pelas aranhas Cyclosa funcionam como um sistema antipredatório que substitui a camuflagem. Os benefícios de uma fuga bem-sucedida parecem compensar os custos associados", afirmou o pesquisador I-Min Tso.

About Heytor Neco

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.