About Me

Notícias

Credibilidade

Periódico científico publica dois estudos plagiados na íntegra

Um caso de plágio envolvendo dois estudos publicados no periódico científico "Revista Analytica" surpreendeu os autores dos artigos originais. Publicados em 2007, os dois trabalhos eram cópias de artigos anteriores da primeira à última palavra, com alterações apenas nos títulos. A revista "Química Nova", da SBQ (Sociedade Brasileira de Química), que havia publicado os estudos originais, negocia agora uma forma de retratação (anulação) dos plágios.

Um dos artigos, um estudo que descrevia um novo método para controle de qualidade de cachaça, foi copiado do grupo do químico Ivo Küchler, professor da UFF (Universidade Federal Fluminense).

"Eu trabalho no meio universitário há muitos anos, e a gente sempre fica sabendo de casos em que alguém copiou um pedaço do trabalho do outro, ou copiou uma ideia. Mas copiar um artigo inteiro eu nunca tinha visto", disse Küchler. O cientista ficou sabendo do caso de plágio pela SBQ e disse que ligou para um diretor da "Revista Analytica" na tentativa de se informar melhor.

"Ele não quis nem conversar comigo", conta. "Falou que o problema não era dele e que eu teria de conversar com a pessoa que tinha assinado o artigo."

O autor principal do artigo que plagiou Küchler é o engenheiro químico Johnson Pontes de Moura, formado pela UFRN (Universidade Federal do Rio Grande do Norte). Moura também já se desligou da faculdade onde dava aula, em Aracruz (ES).

Milena Tutumi, editora da "Revista Analytica" disse que está em negociação com a SBQ para publicar uma retratação. "Cedi uma página da próxima edição", diz. "Vamos dar um editorial explicando a posição da revista nesse caso e dando os devidos créditos aos autores verdadeiros." Além do artigo de Küchler, Moura plagiou um estudo sobre combustão de metano, do grupo de Ione Baibich, da UFRGS.

Em seu boletim informativo, a SBQ diz que vai dar "apoio aos autores reais em quaisquer ações jurídicas que venham a ser consideradas", mas afirma que a "Revista Analytica" também foi "vítima" no episódio. Küchler, porém, discorda.

"Acho que houve negligência dos editores", diz. "Se você pega as palavras-chave do meu artigo --cachaça, determinação de cobre, etc.-- encontra na internet facilmente." Segundo a SBQ, esse procedimento não é comum em revistas científicas, mas "tem permeado discussões em fóruns internacionais".

About Heytor Neco

3 comentários:

Mateus disse...

OI, meu nome é Mateus, tenho 17 anos e estou no 3ª ano do ensino médio, venho procurar o senhor, pois busco uma parceria para o meu blog que foi criado justamente para melhorar o desempenho dos alunos perante o vestibular,no colégio que estudo( Colégio da Polícia Militar de Goiás) buscando mais informações para meus leitores,gostaria que o senhor, por favor, me procura-se a partir do meu email:

matdiversos@hotmail.com

e se possível visita-se o meu blog:

http://vestibulandos-cpmg.blogspot.com/

Obrigado.

Mirela disse...

Afinal, como está a situação do plagiador??
Depois de tudo o que ele fez, será que ficou impune???
Gostaria de saber a posição da faculdade em que ele deu aula com currículo falso e prejudicou todos os alunos, inclusive eu...
E é claro que este anônimo elogiando ele não existe.... e é ele próprio escrevendo...mas que desculpa esfarrapada ele foi inventar, quem vai acreditar que invadiram o e-mail dele pra enviar matérias pra revista?? hahaha
Além de péssimo caráter, um péssimo professor

Fabiana disse...

Andei pesquisando e descobri que ele está fazendo Direito em Campinas (Interior do estado de São Paulo). Parece que abandonou a área de química porque sua imagem ficou bastante arranhada depois que os epsódios vieram à tona.....
E o mais incrível, é que ele chegou causando lá também se achando o "top intelectual" e se glorificando...haha....e quando ele foi coagir o pessoal, descobriram que é mentira que ele tem uma irmã juíza federal...hahaha
Realmente eu não sei se é caso de polícia ou caso clínico...to achando que ele merece bem mais um hospicio do que uma cadeia...rsrsrsrs

Tecnologia do Blogger.